Os reflorestamentos da Marbrasa são realizados em função da atividade minerária e como adequação a legislação ambiental pertinente. A Mata Ciliar, que é a vegetação nativa que ocorre às margens de rios e mananciais, também é parte integrante do processo de reflorestamento da empresa. Ela possui uma extrema importância, pois evita o assoreamento, controlando a erosão e prevenindo as enchentes, além de proporcionar a manutenção da vida aquática.

Nas pedreiras da Marbrasa há viveiros de mudas construídos com o objetivo de produção de mudas para serem utilizadas nos reflorestamentos convencionais e nas matas ciliares.

A empresa está em fase de implantação da Área de Reserva Legal, em atendimento a legislação ambiental. Essas áreas estão localizadas em Vila Pavão e Colatina, nas pedreiras de Amarelo Ouro Brasil e Preto São Gabriel, respectivamente.

A quantidade e a variedade das espécies utilizadas nos reflorestamentos é o que garante a biodiversidade local, que tem papel fundamental na composição de um ecossistema saudável e equilibrado, garantindo a continuidade da vida.

Além disso, a Marbrasa realiza a coleta seletiva, onde todos os resíduos gerados são devidamente separados e encaminhados a associações de catadores que repassam para empresas que fazem a reciclagem destes resíduos. Este processo além de reduzir a poluição no Meio Ambiente, gera renda para as pessoas envolvidas no processo.

Realizamos também a destinação ecologicamente correta para os resíduos perigosos (Classe I), através da logística reversa e destinação ao aterro industrial.

Em sua indústria foi instalado um Sistema de Tratamento de Resíduos, evitando que os detritos resultantes do beneficiamento das rochas sejam jogados diretamente no meio ambiente, além de proporcionar o reaproveitamento da água utilizada em todo o processo.



Parque Industrial Melvin Jones, s/nº • Bairro Aeroporto • Cachoeiro de Itapemirim/ES • Tel: +55 (28) 2101-5255